O Ultimo dos Carreiros
1.636 visualizações
Afinação: Cebolão em Mi
Afinação: Ritmo: Caterete
Corrigir

aperte Esc para fechar
Espaço para play/pause

Tom: G

(intro) A E A D E7 A

E |--9-10-10-10-10-9-10----9-10-10-10-10-9-12---12-10-10-10-14-12-10-9-10-12-10-9-7-9-10-9-7-5------|
B |--8-10-10-10-10-8-10----8-10-10-10-10-8-12---12-10-10-10-13-12-10-8-10-12-10-8-7-8-10-8-6-5------|
G#|-------------------------------------------------------------------------------------------------|
E |-------------------------------------------------------------------------------------------------|
B |-------------------------------------------------------------------------------------------------|-

 

A                  E7
Com minha junta de bois
                     A
Eu pego o rumo da estrada
                   E7
Reconheço que sou velho
                   A     A7
Estou no fim da jornada
  D
Soberbo vou resistindo
      E7          A
O transporte da pesada
                      E7
Somente o implacável tempo
                 A
Vai forçar minha parada
E7  A   E7  A  
Eee boi, eee boi

                        E7
Meu avô era carreiro
                                A
O meu pai também já foi
                   E7
A herança deles carrego
                   A  A7
No velho carro de boi
    D
Eu vou cumprir esta sina
    E7           A
De uma longa geração
                   E7
Embora os tempos mudaram
                     A
Mas mantenho a tradição
E7  A    E7 A
Eee boi, eee boi

(introdução)

A                 E7
Meu carro já carcomido
                 A
Simboliza um passado
                     E7
Os seus cocôes ragem triste
                    A   A7
Protestam muito magoados
    D
Do progresso que destrói
    E7             A
Nossa estrada carreteira
                  E7
O asfalto vai apagando
                     A
Todo o encanto da poeira
E7  A    E7  A 
Eee boi, eee boi

                               E7
Enquanto existir estrada
                    A
Que o carro possa rodar
                     E7
Sou o último dos carreiros
                   A   A7
Bravo herói a candear
       D
Quando eu for pra eternidade
   E7            A
Este carro vai parar
                   E7
A profissão de carreiro
                      A
Não tenho pra quem deixar
E7  A    E7 A
Eee boi, eee boi
E7  A    E7 A
Eee boi, eee boi

mande seu vídeo tocando #aprendinocifrasdeviola

Grave um vídeo tocando "O Ultimo dos Carreiros", poste no Youtube e envie o link pra gente! Você aparecerá aqui mostrando seu talento.

Envie seu vídeo
o que achou da música?
comentários

Faltam caracteres

Obs: Seu comentario está sujeito à aprovação.

Faltam caracteres

Ajude o CifrasdeViola a permanecer no ar:
Mostrar Acordes