Figura do Velho
Compositor: Tião do Carro / Caetano Erba
704 visualizações
Afinação: Cebolão em Mi
Afinação: Ritmo: Toada
Corrigir

aperte Esc para fechar
Espaço para play/pause

Tom: B

 E|--------------9--9-12-11--9-7---7--7-7-6---6---------7--|
 B|------7-8/10-10-10-10-10-10-9-9-9--9-9-7-7-7-9-----9-7--|
G#|----7-------------------------8----------7-----8-8-8-7--|
 E|--7----------------------------------------------9---7--|
 B|-----------------------------------------------------|

 E|--------------9--9-12-11--9-7---7--6-6-6-------------------7--|
 B|------7-8/10-10-10-10-10-10-9-9-9--7-7-7-9-------7---------7--|
G#|----7-------------------------8----------8-8-5---7---8---7-7--|
 E|--7----------------------------------------9-6-6---9---7---7--|
 B|-----------------------------------------------7--------------|

 B                            C#                   F#7               B
Tombamos a terra pra fazer a roça, um rancho e a palhoça erguemos por lá
                                 F#                 C#               F#  
Depois de algum tempo um golpe doido, meu velho querido deus veio buscar
           B              F#7                                 B  
Destino afiado machado cortante, bateu no gigante jogando no chão
              B7       E                         B       F#7      B 
Bateu bem no cerne de baixo da casca tirando uma lasca do meu coração

Introdução

 B                                  C#                   F#7                  B 
Ficaram suas marcas no esteio e no rancho, na viga e nos ganchos no teto e no chão
                            F#               C#               F#  
A vara de pesca em cima amarrada no chão à enxada, machado enxadão
                B               F#7                                   B  
Tem marcas de enchó, na velha porteira no coxo e cocheira no pé do mourão
              B7                 E                 B       F#7      B  
Quis fazer a peça que não ficou pronta, só fez uma ponta da mão de pilão

Introdução

 B                            C#                 F#7               B 
As marcas de fato estão lá a roça com essas mão grossa deu duro e lutou
                             F#                 C#                  F#  
Em cada mourão que cerca a divisa, dizer não precisa quem foi que fincou
           B              F#7                                 B  
E lá na tirada rasgada do solo, o velho monjolo foi ele quem pois
           B7                  E                 B      F#7       B  
Até o espantalho vermelho e rasgado deixou lá fincado na roça de arroz

Introdução 

 B                           C#                F#7              B 
E hoje correndo a divisa da idade, me bate a saudade onde nos morava
                          F#               C#                  F#  
Ainda eu sinto o gostoso cheiro, daquele palheiro que o velho pitava
           B              F#7                                  B  
Daquela fumaça subindo do pito, seu rosto bonito pra mim não morreu
            B7             E                 B       F#7      B  
No céu eu revejo a linda figura, na terra moldura do velho sou eu

Colaboração: Igor Basso
o que achou da música?
comentários

Faltam caracteres

Obs: Seu comentario está sujeito à aprovação.

Faltam caracteres

Ajude o CifrasdeViola a permanecer no ar:
Mostrar Acordes