Boi Sinoeiro
286 visualizações
Afinação: Cebolão em Mi
Afinação: Ritmo: Cipó Preto
Corrigir

aperte Esc para fechar
Espaço para play/pause

Tom: E

 E|-[12]-[12]------------------7-7/9-----9-7---7-4---4---
 B|-------------------[12]-----9-9/10---10-9---9-5---5---
G#|-[12]-[12]-[7]-[7]------------------------------------
 E|-------------------[12]-------------------------------
 B|-----------[7]-[7]--------0---------0-----0-----0-----

 E                         B7          E    
Eu nasci e fui criado na fazenda dos coqueiros
                                           B7 
Onde meu pai trabalhava na profissão de carreiro
Eu ainda era menino, acompanhava o tempo inteiro
                                            E 
Na frente ao lado direito pois eu era o candeeiro
                   B7                       E    
Por aqueles carreadores conduzia os bois carreiros

Introdução

 E                         B7          E    
No trabalho da fazenda aprendi a ser carreiro
                                   B7 
Papai se aposentou garantiu o fazendeiro
Era firme no trabalho caboclo madrugadeiro
                                              E 
No cantar do galo índio desperta e sai pro terreiro
                     B7                       E    
Corta o fumo e já prepara pra fumar um bom palheiro

Introdução

 E                         B7            E    
No correr do dia a dia conheci o amor primeiro
                                       B7 
Luciana a mais bonita filha do Dito pedreiro
O meu pai ficou contente no pensamento certeiro
                                         E 
De ver nosso casamento na igreja dos pinheiros
              B7                         E    
Lá no nosso povoado marquei pro mês de janeiro

Intodução

 E                           B7          E    
Presente de casamento do meu pai foi o primeiro
                                             B7 
Ganhei um lindo bezerro e um potranco bem ligeiro
O bezerro tem a fibra do velho boi sinoeiro
                                          E 
Foi tratado com carinho me falou Chico Carreiro
                   B7                  E    
Era o meu querido pai caboclo bom estradeiro

Introdução

 E                        B7           E    
O patrão enriqueceu e guardou muito dinheiro
                                           B7 
Boi de carro trabalhou no arado o tempo inteiro
Pra virar a terra bruta boi de raça pioneiro
                                       E 
Criado desde pequeno na fazenda dos coqueiros
                 B7                 E    
Fazendeiro aposentou o velho boi sinoeiro
  B7                                 E    
Boi de raça trabalhou boi de raça pioneiro
                 B7                  E    
Fazendeiro aposentou o velho boi sinoeiro

mande seu vídeo tocando #aprendinocifrasdeviola

Grave um vídeo tocando "Boi Sinoeiro", poste no Youtube e envie o link pra gente! Você aparecerá aqui mostrando seu talento.

Envie seu vídeo
o que achou da música?
comentários

Faltam caracteres

Obs: Seu comentario está sujeito à aprovação.

Faltam caracteres

Ajude o CifrasdeViola a permanecer no ar:
Mostrar Acordes