Adeus Mocidade
12.635 visualizações
Afinação: Cebolão em Mi
Afinação: Ritmo: Moda
Corrigir

aperte Esc para fechar
Espaço para play/pause

Tom: E

     E|----------------------------------------
     B|----------------------------------------
(1) G#|-3-3-3-1-1-1-0-0-0---8-8-8-7-7-7-1-1-1--
     E|-4-4-4-2-2-2-0-0-0---9-9-9-7-7-7-2-2-2--
     B|----------------------------------------

     E|----------------------------------------
     B|----------------------------------------
(2) G#|-8-8-8-7-7-7-1-1-1---8-8-8-7-1-1-3-1-3--
     E|-9-9-9-7-7-7-2-2-2---9-9-9-7-2-2-4-2-4--
     B|----------------------------------------

     E|----------------------------------------
     B|----------------------------------------
(3) G#|-3-3-3-1-1-1-0-0-0---3-3-3-1-1-1-7-7-7--
     E|-4-4-4-2-2-2-0-0-0---4-4-4-2-2-2-7-7-7--
     B|----------------------------------------

     E|--------------------
     B|--------------------
(4) G#|-7-7-8-8-8-7-7-1-1--
     E|-7-7-9-9-9-7-7-2-2--
     B|--------------------

     E|------------------------------------
     B|------------------------------------
(5) G#|------------------------------------
     E|-2-2-----2-2-2-------2-2-2----------
     B|-4-4-2-0-4-4-4-2-2-0-4-4-4-2-2-0-0--

     E|------------
     B|------------
(6) G#|------------
     E|-----4-4-4--
     B|-0-0-5-5-5--

(1) O sol nasce de frente pro rancho a florada do ipê no terreiro
(2) Solta flores douradas no ar canta triste o jaó tão matreiro
(3) O meu peito velho chorador tem saudades dos tempos primeiros
(4) Quando eu vivia carreando
(5) Era estradeiros de muitas pousadas vida apaixonada
(6) Rei dos boiadeiros

(1) Como o rio que percorre a invernada suas aguas regando a saudade
(2) Foi assim que correu meu galope arribada deixei a vaidade
(3) Os amores de um boiadeiro não amarra um peao de verdade
(4) Amei todas como um beija-flor
(5) Em toda cidade tive uma paixao parti coracao
(6) Adeus mocidade

(1) A famosa espora de prata o meu laço de couro trançado
(2) Se perderam com a minha tropa esquecido em currais do passado
(3) Na estrada deixei meus repentes os amigos ficaram de lado
(4) Eu voei como faz a perdiz
(5) Em campo cerrado asas tao ligeiras mas nas ribanceiras
(6) Em chao calejado

(1) Se essa minha viola falasse nessas cordas tao bem afinadas
(2) Certamente iria dizer boiadeiro morre com a boiada
(3) O que resta é uma grande saudade de velhice ficou disfarçada
(4) É a balança do tempo cruel
(5) De vida pesada nao erra seu peso pois agora mesmo
(6) Eu pego outra estrada

o que achou da música?
Ver Resultados
Total de 8 votos.
Muito Fácil: 5 votos. (63%)
63%
Fácil: 2 votos. (25%)
25%
Médio: 1 votos. (13%)
13%
Difícil: 0 votos. (0%)
0%
Muito Difícil: 0 votos. (0%)
0%
comentários

Faltam caracteres

Obs: Seu comentario está sujeito à aprovação.

Sérgio Gonella
1 ano atrás
Parabéns pelo site que traz muita música boa para tocarmos.

Faltam caracteres

Ajude o CifrasdeViola a permanecer no ar:
Mostrar Acordes