Rei da Pecuária
6.266 visualizações
Afinação: Cebolão em Mi
Afinação: Ritmo: Moda
Corrigir

aperte Esc para fechar
Espaço para play/pause

Tom: A

Intro
 E|-------------------------------|--------------------------------
 B|-0---0---0---0-------0---0---0-|-0-------0-------0-------0------
G#|------8---7---8/10----7--------|--------------------------------
 E|--7-----------------------7---4|--4-7-5---2-5-4---0-4-2------2-0
 B|0---0---0---0-------0---0---0--|0-------0-------0-------0—4-----

Ou

 E|------------------------------------
 B|-0---0---0--------0-----0----0------
G#|------------------------------------
 E|--7---5----2-3-4----0----2-------2-0
 B|0---0---0--------0----0----0---4----

 E|-----------------------------------------
 B|------5-5-5-------7-7-7-5----------------
G#|5-5-5-5-5-5-6-5-6-6-6-6-5-6-5-0-0-0-3-1-3 (1)
 E|5-5-5-------7-5-7---------7-5-0-0-0-4-2-4
 B|-----------------------------------------

 E|---------------------------------------------
 B|---------------------------------------------
G#|3-3-3-5-6-6-6-8-6-5-0-0-0-0-0-0-1-1-1-0-0---- (2)
 E|4-4-4-5-7-7-7-9-7-5-0-0-0-0-0-0-2-2-2-0-0-2-0
 B|------------------------------------------4-2

 E|------------------------------------------------
 B|------------------------------------------------
G#|------------0-1-0------------------0-1-0-1-1/3-3 (3)
 E|2-2-2-0-2-2-0-2-0-2-2--2-2-2-0-2-2-0-2-0-2-2/4-4
 B|3-3-3-2-3-3-------3-3--3-3-3-2-3-3--------------

 E|-----------------------------------------------
 B|-----------------------------------------------
G#|3-3-3-5-6-6-6-8-6-5-0-0-0-1-0------------------ (4)
 E|4-4-4-5-7-7-7-9-7-5-0-0-0-2-0-2-0-----2-2-2-2-0
 B|------------------------------3-2-0-0-3-3-3-3-2

(1) Um boiadeiro de porte franzino, Num hotel granfino sozinho entrou
(2) Batendo a poeira do chapéu surrado, com modo educado ao gerente falou
(3) Por favor, eu quero um quarto ajeitado, e bem sossegado com muito espaço
(4) Amanha bem cedo agente proseia, a viagem foi feia estou um bagaço

(1) O gerente disse com jeito selvagem, só dou hospedagem pra gente descente
(2) Saia vazado e pegue seu trilho, jamais andarilho será meu cliente
(3) Talvez um albergue noturno o aceite, ou então se ajeite em alguma cocheira
(4) Porque meu hotel não aceita bagulho, por ser o orgulho da classe hoteleira

(1) Para o boiadeiro isso não foi derrota, do cano da bota tirou um papel
(2) Dizendo ao gerente é meu comprovante, que não sou andante sou dono do hotel
(3) Comprei com o prédio do seu ex-patrão, mas minha paixão é lidar na invernada
(4) E todo dinheiro deste investimento, é só o pagamento de uma boiada

(1) Na hora o gerente assumiu sua culpa, eu peço desculpa por tudo que fiz
(2) Disse o boiadeiro esta dispensado é mal educado e não sabe o que diz
(3) Se quiser emprego e agüentar o mato, eu tenho trabalho fora desta área
(4) No lugar do burro que puxa a moenda da grande fazenda, do rei da pecuária.

Colaboração: Igor Basso
mande seu vídeo tocando #aprendinocifrasdeviola

Grave um vídeo tocando "Rei da Pecuária", poste no Youtube e envie o link pra gente! Você aparecerá aqui mostrando seu talento.

Envie seu vídeo
o que achou da música?
Ver Resultados
Total de 5 votos.
Muito Fácil: 0 votos. (0%)
0%
Fácil: 1 votos. (20%)
20%
Médio: 0 votos. (0%)
0%
Difícil: 4 votos. (80%)
80%
Muito Difícil: 0 votos. (0%)
0%
comentários

Faltam caracteres

Obs: Seu comentario está sujeito à aprovação.

Tiago
11 meses atrás
Parabéns pelo site é o melhor em conteúdo de viola caipira que eu já vi!!!!
Peterson
1 ano atrás
Falta só colocar as cifras por favor

Faltam caracteres

Ajude o CifrasdeViola a permanecer no ar:
Mostrar Acordes