Janela da Vida
1291 visualizações
Afinação: Cebolão em Mi
Afinação:
Corrigir

aperte Esc para fechar
Espaço para play/pause

Tom: D

 E|-2/5-5-5-5-7--8h10p8-5h7p5-|/14-14-14-14-12-10h12p10-7h8p7-|
 B|-3/7-7-7-7-8-10------7-----|/15-15-15-15-13-12-------8-----|
G#|---------------------------|-------------------------------|
 E|---------------------------|-------------------------------|
 B|---------------------------|-------------------------------|

 E|-7/10-10-10-12-7-5--/14-14-14-15-14-12-10--9-7-5-3-2-|
 B|-8/12-12-12-14-8-7--/15-15-15-17-15-14-12-10-8-7-5-3-|
G#|-----------------------------------------------------|
 E|-----------------------------------------------------|
 B|-----------------------------------------------------|

 E|-3/5-3-2-0--2-0-----------------------------|
 B|----------------3-2-3-2---------------------|
G#|----------------------------------------1-1-|
 E|------------------------3-2--3-2-3-4-5--0-2-|
 B|----------------------------------------2-3-|

 D                                                                   A  
Nos poros da mente vagueiam lembranças e chora criança do meu tempo ido
                                                 G                  D
Gorjeiam-se aves de verdes sem fim, cheiroso alecrim dos campos floridos
                                                                      A
Também me rodeia os meus companheiros velhos boiadeiros heróis do sertão
            G                 D                  A                   D
Boiada e berrante também currutela, tapera e donzela e a estrada de chão

             A                   D                       A     G            D
Foi quando deixei mais que de repente a estrada e o sol quente campinas floridas
               A                       D                  A                  D 
Lá estava o passado com a saudade brincando, e os anos fechando a janela da vida

Introdução

 D                                                                  A  
Crescia com os anos de viagem a viagem, a grande estiagem em meu coração
                                                    G                 D
Cochilava no tempo as léguas vencidas, também despedidas deste velho peão
                                                                       A
Lá estava também meu cavalo ensinado já velho e cansado sem mais serventia
         G                 D                 A                   D
Até o latir da cachorra baleia, por certo anseia por pousada e vigia

             A                   D                       A     G            D
Foi quando deixei mais que de repente a estrada e o sol quente campinas floridas
               A                       D                  A                  D 
Lá estava o passado com a saudade brincando, e os anos fechando a janela da vida

Colaboração: Igor Basso
mande seu vídeo tocando #aprendinocifrasdeviola

Grave um vídeo tocando "Janela da Vida", poste no Youtube e envie o link pra gente! Você aparecerá aqui mostrando seu talento.

Envie seu vídeo
o que achou da música?
comentários

Faltam caracteres

Obs: Seu comentario está sujeito à aprovação.

Faltam caracteres

Ajude o CifrasdeViola a permanecer no ar:
Mostrar Acordes