Casinha da Serra
9982 visualizações
Afinação: Cebolão em Mi
Afinação: Ritmo: Cururu
Corrigir

aperte Esc para fechar
Espaço para play/pause

Tom: E

 E|--11-11-12-11-11--7-7/11-11-11-7-7-------------------------
 B|--12-12-14-12-12--9-9/12-12-12-9-9-------------------------
G#|-------------------------------------0-0-1-3-1-1-----------
 E|-------------------------------------0-0-2-4-2-2-2-2-2-4---
 B|-------------------------------------------------4-4-4-5---

 E                                              B7              E 
Triste sorte de um homem coitado, quando é destinado ao rumo do nada
                                            B7                  E 
Só encontra amarguras na vida, estradas compridas de espinho traçada
      A                                                   E 
Pelo mundo eu vaguei sem destino, desprezei a casinha da serra
                                             B7                     E    B7  E 
Por amar uma ingrata fingida, perdi a mãe querida e os prazer desta terra

 E                                             B7                   E 
Ao sofrer essa cruel traição minha triste intenção era ir pra não voltar

                                            B7             E 
Minha pobre velhinha chorava ajoelhada implorava para mim ficar
      A                                               E 
Mas o ódio roubou minha calma com a alma ferida fui embora
                                                B7             E 
Fui cumprir meu destino perverso mãezinha hoje peço perdão a senhora

Introdução

 E                                         B7                  E 
Amanhã partirei bem cedinho quando os passarinhos canta na alvorada
                                            B7                 E 
Triste hora de uma despedida adeus terra querida adeus companheirada
      A                                         E 
Com a lua desta madrugada me despeço em uma serenata
                                             B7                   E    B7  E 
Vou cantar uma triste canção pra magoar o coração desta tirana ingrata

 E                                                  B7              E 
Como é triste viver sem ninguém, a quem quis tanto bem me trazia enganado
                                                      B7                 E 
Minha velha morreu de desgosto, hoje eu trago em meu rosto teu pranto molhado
      A                                                E 
Essa terra que me viu nascer, que jamais pode ser esquecida
                                             B7                E    B7  E 
Voltarei pra trazer umas flor, ofertar em louvor a mãezinha querida

Colaboração: Gustavo Brocenschi
mande seu vídeo tocando #aprendinocifrasdeviola

Grave um vídeo tocando "Casinha da Serra", poste no Youtube e envie o link pra gente! Você aparecerá aqui mostrando seu talento.

Envie seu vídeo
o que achou da música?
Ver Resultados
Total de 6 votos.
Muito Fácil: 3 votos. (50%)
50%
Fácil: 2 votos. (33%)
33%
Médio: 0 votos. (0%)
0%
Difícil: 0 votos. (0%)
0%
Muito Difícil: 1 votos. (17%)
17%
comentários

Faltam caracteres

Obs: Seu comentario está sujeito à aprovação.

ALESCIO BONETTI
2 meses atrás
linda a música e a mensagem. Mas aprendi a letra quando era pequeno e gravada por Liu e Leu
claudio
4 meses atrás
tablatura desabafo
claudio
5 meses atrás
MANDA TABLATURA DA MUSICA NO BATIDÃO DA VIOLA COM CANTOR JOAO LUCAS E WALTER FILHO

Faltam caracteres

Ajude o CifrasdeViola a permanecer no ar:
Mostrar Acordes