Berrante de Madalena
4.503 visualizações
Afinação: Cebolão em Mi
Afinação:
Corrigir

aperte Esc para fechar
Espaço para play/pause

Tom: E

 E|--11/12-11-11-12-11--9-7---4--7-7-7-4-5-4-5/7--
 B|--12/14-12-12-14-12-10-9--5---9-9-9-5-7-5-7/9--
G#|-----------------------------------------------
 E|-----------------------------------------------
 B|-----------------------------------------------

 E|--11/12-11-11-12-11--9-7---4--7-7-7-4--5--4--
 B|--12/14-12-12-14-12-10-9--5---9-9-9-5-7--5---
G#|---------------------------------------------
 E|---------------------------------------------
 B|---------------------------------------------

    B7              E               B7                 E  
Comprei uma boiada brava que vim trazendo do chão de Goiás
  B7                      E               B7              E 
Depois de atravessar fronteira  do rico estado de Minas gerais 
    A                        E7                   A 
A boiada estourou no pé da grande serra dos cristais
         B7                  E              B7               E 
Lutei bastante quase o dia inteiro mas a boiada esparramava mais
          B7                  E                  B7            E 
Morreram cinco dos meus companheiros fiquei sozinho com o capataz.

Introdução

          B7                E             B7              E  
Meu companheiro me falou chorando, espere Deus nosso salvador
           B7              E             B7              E  
Olhei pro céu e avistei baixando um misterioso disco voador
            A                             E7               A 
Saltou por terra moça boiadeira e o seu berrante mudava de cor
           B7                 E              B7                   E  
Falou contente com um lindo sorriso pra lhe salvar aqui hoje eu estou
           B7                 E           B7            E  
Eu vim do céu pra salvar a boiada e seu berrante ela repicou

"Estou chegando, tocando o meu berrante. Tenha calma, meu amor
Eu vim do céu para salvar a boiada cumprindo ordens de Nosso Senhor
Com o repique do seu berrante Logo a boiada foi aglomerando
E os companheiros que tinham morrido naquele instante eu ví ressuscitando
Vendo o milagre desta boiadeira que para o céu ela foi levitando
Seu rosto lindo era o de Madalena e as minhas penas ela foi perdoando
Caí de joelhos com o rosto em terra e de contente solucei chorando."

          B7                    E                    B7                 E  
Quando a boiada entreguei em Barretos, foi três mil bois contados na chegada
        B7            E                  B7              E  
Foi o milagre de Madalena a boiadeira que eu ví lá na estrada
             A                             E7               A 
No outro dia eu fui acordando pois foi um sonho a grande jornada
          B7                  E           B7              E  
Por isso mesmo eu creio em Madalena a pecadora foi santificada
    B7                 E              B7                   E  
E será sempre minha protetora porque minh'alma já sente amparada

mande seu vídeo tocando #aprendinocifrasdeviola

Grave um vídeo tocando "Berrante de Madalena", poste no Youtube e envie o link pra gente! Você aparecerá aqui mostrando seu talento.

Envie seu vídeo
o que achou da música?
Ver Resultados
Total de 7 votos.
Muito Fácil: 5 votos. (71%)
71%
Fácil: 0 votos. (0%)
0%
Médio: 1 votos. (14%)
14%
Difícil: 0 votos. (0%)
0%
Muito Difícil: 1 votos. (14%)
14%
comentários

Faltam caracteres

Obs: Seu comentario está sujeito à aprovação.

Tião dos modao
3 meses atrás
toquei no ritmo Guarânia e ficou legal
Marco
1 ano atrás
QUAL O RITIMO DESSA MUSICA???????????????????PRECISOOO!!!!!!!!!!!!!!!DENTRO DE 2 DIAS PRECISO DE RESPOSTAS!

Faltam caracteres

Ajude o CifrasdeViola a permanecer no ar:
Mostrar Acordes